26 abr

Uma dúvida muito comum para os iniciantes no mundo dos instrumentos musicais é a
diferença entre os captadores ativos e passivos.
A principal diferença entre os dois é que o captador ativo além de ser um modelo mais novo,
possui um circuito de pré-amplificação embutido no instrumento que é alimentado através de
bateria. Já o passivo não necessita dessa alimentação para funcionar.
Por ser pré-amplificado o captador ativo possui maior ganho e mais clareza nos sinais emitidos,
eliminando ruídos indesejáveis e valorizando os sustains. É ótima para a aplicação de
harmônicos artificiais, ou técnicas que se utilizam muito drive.
O captador passivo, também possuem suas vantagens, mesmo sendo um modelo mais antigo,
sua resposta é maior e mais orgânica, permitindo maior variação de timbres e dinâmicas
aplicadas no instrumento.
Cada tipo de captação possui características próprias, por isso, não existe uma captação
melhor em detrimento a outra, a utilização de cada uma será de acordo com o estilo e técnicas
que você for aplicar.
Conseguiu entender um pouco das respostas dos captadores?
Então agora é só escolher o seu captador e começar a fazer aquele som!

CONTRABAIXO JB MICHAEL BM675N

F.Gênia