18 out

michael1
 

A Michael  participou em outubro da Expomusic 2017, maior feira de instrumentos musicais da América Latina!  A feira foi realizada entre os dias 04 e 08/10, no Anhembi, em São Paulo, espaço consagrado por realizar grandes shows nacionais e internacionais.

 

Para a marca foi uma grande oportunidade de realizar negócios, apresentar os lançamentos, rever os lojistas e estar em contato com os músicos.

 

A empresa preparou um stand bem bonito, com uma estrutura moderna, que valorizou bastante a interação. Os visitantes puderam ver de perto a versátil linha de instrumentos, que esteve toda setorizada, pronta para ser testada durante a feira.

 

Um dos destaques da marca foi o Palco Michael, local da apresentação dos Artistas. Os visitantes puderam assistir apresentações musicais variadas e ver de perto os instrumentos da marca em ação. Adriano Campagnani, Alex Curi, André Neiva, Cláudio Infante, Débora Ildêncio, Diego Sanches, Dino Rangel, Flávio Emanuel, Inácio Cavallieri, Luana Camarah, Luiz Cunha, Marcelo Costa, Kevin Emmanuel, Ricardo Cordeiro e Vitor Vieira mostraram grande desenvoltura e musicalidade, sendo bastante elogiados. Os estreantes do Palco Michael, Eros Biondini, Fabinho Gonçalves, Eugênio Lima, Wilson Lopes, Polly Angel e Tony Allysson também foram ovacionados!

 

Vale ressaltar também a réplica gigante de uma guitarra de metal, criada especialmente para o stand da Michael, que chamou a atenção do público! Feita pelo artista Rodrigo Gallo, o instrumento criado com materiais reciclados possuía 3 metros de altura e tinha quase 90kg.

 

 

michael2

25 ago

 

violãoharmonico

 

Hoje no Blog da Michael explicaremos a diferença entre harmônicos naturais e artificiais usando como parâmetro o  violão.  Para quem não conhece, os harmônicos são sons “escondidos” gerados por apoio leve nas cordas sobre os trastes.

 

O harmônico natural é o mais simples a ser executado. Ele consiste em tocar uma corda solta e logo depois encostar o dedo levemente em uma determinada corda próxima ao traste da guitarra, violão, entre outros instrumentos de corda. Para a tocabilidade correta, não faça pressão sobre o traste. Apenas encoste o dedo de leve e logo em seguida, retire. Faça os harmônicos nas cordas G, D e A, pois elas têm mais vibração

Você também pode excutá-los com facilidade na quinta casa e na sétima. Além dessas, pode fazê-lo na oitava acima da escala, na 17ª, 19ª e 24ª casas.

 

Alguns músicos, executam apenas com a mão direita, sem tocar a corda solta, porém, está técnica só é feita em determinadas casas.

 

Já o Harmônico artificial é feito com a corda presa, sendo executado apenas com a mão direita. Para aplicá-lo, coloque a ponta do indicador na altura do traste, e depois utilize qualquer um dos outros dedos da mão direita (polegar, médio, anular ou mindinho) para vibrar a corda. Pode ser feito com paleta também.

30 jun

michael

 

A Michael acaba de lançar os novos violões da Linha Professor, instrumentos indicados à profissionais que buscam alta performance! São 3 modelos, VM90e, VM87E e VM85E, com até duas opções de cor: Natural (NA) e Natural Satin (ST). Encontre opções com tampo, laterais e fundo em madeira sólida, tarraxas com borboletas em Ébano, Nut e Osso em Osso, entre outras matérias-primas nobres! Um dos grandes diferenciais da linha Professor é o cavalete Double Hole Michael, sistema duplo de ancoragem para melhor reverberação das cordas! Confira mais detalhes do VM90E e dos outros violões acústicos da linha neste vídeo produzido no canal da Michael!

 

26 mai

Está disponível no canal da Michael o vídeo feito pelo Alex Curi, artista michael e baterista do Sequaz, dando dicas imprescindíveis sobre o módulo da bateria eletrônica DDM-110!

Confira o vídeo!

 

12 mai

guitarra

 

“Qual é a vantagem de cantar se eu só quero ser guitarrista?”. Esta é uma pergunta que parece simples de responder, mas quando você deseja realizar solos precisos, este recurso pode ser um diferencial!

 

Cantar uma música, nem que seja mentalmente, é um excelente exercício porque ensina a imaginar as notas antes de tocá-las. Quando você improvisa um solo em uma escala na guitarra, não basta saber o desenho dela! É fundamental saber quais notas vão encaixar bem em cada momento do solo. Trabalhar sua imaginação neste momento, pensando no solo antes de aplicá-lo, é fundamental.

 

Outro ponto importante é que “cantando” você melhora sua sensibilidade e criatividade, evitando solos, sejam eles simples ou complexos, sem melodias interessantes.

 

Então a dica é “cante”, se possível, entre até mesmo em uma aula de canto. Este desenvolvimento irá educá-lo a pensar  em uma nota por vez.Sugerimos que pegue uma música que goste de cantar e transforme-a num solo de guitarra. E faça o contrário também, pegue um solo de guitarra que você goste e tente cantá-lo.

 

Com o tempo sua percepção irá melhorar e seus solos irão dar um salto de qualidade! Fica a dica

 

 

 

05 mai

violão

 

Nossa saúde é um bem precioso! Estar com o corpo “saudável” mantém nossa qualidade de vida e nos permite viver em plenitude. Falando do universo dos músicos, a saúde “auditiva” é algo que deve ser tratada de maneira especial.

 

Os ouvidos são ferramentas de trabalho por serem o canal que recebe estímulos e inspirações, além de serem fundamentais no aspecto técnico (timbragem, sensibilidade, dinâmica).

 

O assunto merece ser tratado com seriedade. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), a perda de audição relacionada ao ruído musical é a segunda maior causa de surdez no mundo.

 

Parece um paradoxo, mas a perda auditiva funciona de maneira “silenciosa”, e no geral é por efeito cumulativo. A exposição de som elevado durante um período grande pode causar danos auditivos cada vez mais severos, de forma contínua e elevada.

 

Neste contexto os músicos são as grandes vítimas, ou “vilões” de si mesmo. É comum terem um fascínio por tocar músicas, ensaiar, mixar, gravar com um volume mais elevado. Por isso, seguem algumas dicas para manter a saúde dos seus ouvidos em dia:

 

 

  1. Não coloque o som do seu carro no volume de um show cada vez que for dirigir.
  2. Evite ficar perto de alto falantes e PAs enquanto estiverem com muito volume.
  3. Não utilize fones de ouvido “altos” e por muito tempo.
  4. Cuidados com os equipamentos In Ear. Só os utilize com técnicos de som experientes.
  5. Para músicos que estão no “batidão”, dê um descaso ao seu ouvido sempre que puder (livros e atividade física pode ser uma boa alternativa).
  6. Utilize os protetores de ouvidos quando ficar exposto em ambientes com muito volume.

 

Espero que tenham gostado das dicas! Lembre-se, ninguém pode gostar mais de você do que você mesmo. Então, cuide-se!

20 abr

violaomichael

 

Olá, galera. Tem coisa mais frustrante do que você afinar seu violão e pouco tempo depois sentir que as cordas voltaram? Esse tipo de situação ocorre por “n” situações, mas uma que as pessoas têm pouco controle é  quando o instrumento fica exposto às mudanças climáticas! Quando você toca em regiões de climas distintos fica difícil de fazer o encordoamento estabilizar! E neste frio então?! Puts…

 

Uma dica legal para quem acabou de trocar as cordas e vai tocar em temperaturas mais frias é dar a primeira volta da corda por cima da tarraxa e as outras por baixo, enquanto laceia. O lado ruim é que se você levar o azar de arrebentá-las será mais trabalhoso pra trocar, mas é algo que pode ajudar.

 

Além disso, é fundamental ter um afinador cromático sempre em mãos para checar a afinação. Quando, por exemplo, você entrar em um estúdio ou local mais frio, que tenha ar condicionado, é preciso deixar o instrumento acostumar com a temperatura para depois afinar. Tenha certeza, se afinar fora do local e entrar para tocar direto, a chance da afinação variar é gigante.

 

Deslizar a mão sobre o instrumento é uma importante maneira de estabilizar e equilibrar a temperatura. Além disso, para as cordas novas de náilon, uma dica é puxar a corda para cima com o indicador e ao mesmo tempo pressioná-la pra baixo com o dedão. Faça isso de corda em corda, em vários pontos do encordoamento para que tensão fique ajustada.

 

Então é isso, galera!

06 abr

michael

 

Estudar notas fantasmas, as chamadas ghost notes, é fundamental para os bateristas conseguirem arranjos rítmicos diferenciados. Para quem não sabe, elas são notas tocadas com pouca força, pianíssimo, e são feitas principalmente na caixa, apesar de poderem ser feitas em outras peças também.

 

Mas como executá-las com qualidade?  O primeiro passo é entender que elas funcionam com um movimento curto do pulso. Para tocar a técnica corretamente a baqueta tem que estar no máximo 5 centímetros da pele. É importante sempre utilizar o metrônomo e praticar com o andamento mais confortável possível.

 

É fundamental que você se concentre nas articulações das notas e nas dinâmicas. Para soar bonito, o chimbal pode ser acentuado nos tempos, tocando na sua borda com a lateral da baqueta e em cima com a ponta. Já as notas fortes funcionam também podendo ser tocadas com uma combinação de aro e pele, o rimshot

 

Confira abaixo neste vídeo nosso baterista Diego Sanches aplicando as notas fantasmas!

 

15 mar

facebook-Promoção

 

Concorra a 1 violão Michael Antares VM19E NS + 6 meses de curso de violão na Music Dot

 

Para participar é simples:

 
– Curta a página da Michael Instrumentos Musicais e da Music Dot no Facebook.

 

– Compartilhe o post oficial da promoção no Facebook em módulo público

 

– Marque 3 amigos nos comentários do post oficial da promoção no Facebook!

 

Todos os detalhes da promoção aqui no regulamento oficial! http://bit.ly/regulamento-michael

10 mar

EXPOMUSIC 2 e 3 DIA 0270

 

Olá, pessoal. No dia dos guitarristas o blog da Michael vai apresentar a lista do 50 solos de guitarra mais famosos do mundo.  Quem organizou a  listagem foi o portal da revista britânca NME, em 2012. O vencedor foi o solo de “Sweet Child O’Mine” dos Guns N´Roses.  E pra você, quem poderia sair e entrar nesta lista?  Confira abaixo o resultado completo:

 

 

01.  GUNS N´ROSES – “Sweet Child O’Mine”
02.  LED ZEPPELIN- “Stairway To Heaven”
03.  JIMI HENDRIX – “All Along Watchtower”
04. RAGE AGAINST THE MACHINE – “Killing In The Name”
05. MUSE – “Knights of Cydonia”
06. NIRVANA – “Smells Like Teen Spirit”
07. RADIOHEAD – “The Bends”
08. CHUCK BERRY – “Johnny B. Goode”
09. RADIOHEAD – “Paranoid Android”
10. PINK FLOID- “Shine On You Crazy Diamond”
11. DEEP PURPLE – “Highway Star”
12. NEIL YOUNG – “Hey Hey My My”
13. THE ROLLING STONES – “Sympathy For The Devil”
14. OASIS – “Live Forever”
15. LED ZEPPELIN – “Communication Breakdown”
16. THE EAGLES – “Hotel California”
17. MICHAEL JACKSON – “Beat It”
18. QUEEN – “Bohemian Rhapsody”
19. MUSE – “Stockholm Syndrome”
20. STONE ROSES – “I Am The Ressurrection”
21. RADIOHEAD – “Just”
22. GUNS N´ROSES – “November Rain”
23. THE STROKES – “Reptilia”
24. THIN LIZZY – “The Boys Are Back In Town”
25. LED ZEPPELIN- “Since I’ve Been Loving You”
26. LYNYRD SKYNYRD – “Free Bird”
27. THE BEATLES – “While My Guitar Gently Weeps”
28. THE STROKES – “Last Night”
29. VAN HALEN – “Eruption”
30. THE ROLLING STONES – “Sway”
31. THE LIBERTINES – ”Time For Heroes”
32. CREAM – “Crossroads”
33. TELEVISION – “Venus”
34. AC/DC – “Let There Be Rock”
35. SANTANA – “Soul Sacrifice”
36. PRINCE – “Purple Rain”
37. JOAN JETT AND THE BLACKHEARTS – “I Love Rock N Roll”
38. BLUR – “Coffee And TV”
39. BAD BRAINS – “Banned In DC”
40. THIN LIZZY – “Roisin Dubh (Black Rose)”
41. SMASHING PUMPKINS – “Soma”
42. DINOSAUR JR – “Get Me”
43. ELECTRIC PRUNES – “Holy Are You”
44. MANIC STREET PREACHERS – “La Tristesse Durera”
45. PRINCE – “I Could Never Take The Place Of Your Man”
46. THE WHITE STRIPES – “Ball And Biscuit”
47. RAGE AGAINST THE MACHINE – “Bulls On Parade”
48. SUEDE – “Animal Nitrate”
49. KANSAS – “Carry On My Wayward Son”
50. BABE RUTH – “The Mexican”

F.Gênia