25 fev

A Michael quer saber: de quanto em quanto tempo você troca suas cordas? Ou faz tanto tempo você nem lembra qual foi a última vez que trocou? Pois saiba que trocar as cordas periodicamente é extremamente importante. Você não pode deixar para trocá-las somente quando arrebentar.

A corda irá influenciar diretamente na sua sonoridade, nos brilhos, harmônicos e graves. Por isso, você deve manter uma periodicidade para trocá-las. Mas claro que para saber o tempo exato, depende muito do tanto que você usa o seu instrumento. Quem toca muito, acaba trocando as cordas de mês a mês.

Mas é necessário observar não somente a parte visual da corda, mas também se ela já está perdendo o brilho sonoro. Se você notar que isso está acontecendo, não tem matemática de período, é hora de você se preocupar com a sonoridade e realizar a troca.

Além de trocar as cordas com determinada frequência, existem duas outras coisas importantíssimas para aumentar a durabilidade do seu encordoamento: antes de tocar, sempre lave as mãos, e após tocar, limpe corda por corda. Criando essa rotina, suas cordas irão durar por mais tempo.

Gostou da dica? Se quiser ver essa matéria em vídeo, clique no link abaixo:

F.Gênia