08 set

No início do aprendizado do violão é comum as notas saírem com um som “mascado”, ainda mais se for pestana, certo? Mas isso não é motivo para desanimar. Para ajudar você a resolver essa situação, preparamos algumas dicas. Confira!

Alguns detalhes são muito importantes para que você consiga uma sonoridade bem legal. Se você não está conseguindo fazer algum acorde, não adianta pular de música, você só está deixando o problema para mais tarde, mas uma hora você vai ter que fazer aquele acorde. Então definir e resolver esse problema vai fazer total diferença para que você tenha liberdade de tocar todas as músicas que gosta.

A primeira dica, é trabalhar como dobrar bem a falange do dedo. Se você faz isso da forma correta, você tem uma sonoridade muito melhor. Além disso, é importante que a mão que faz o acorde tem que estar com as unhas curtas, pois as cordas devem ser tocadas com a cabeça do dedo, assim a sonoridade vai ficar mais precisa. Se você deixa o dedo de qualquer forma, ele acaba atrapalhando a próxima corda.

Outro ponto importante é o posicionamento do polegar. Ele é fundamental para que você tenha estabilidade. Portanto, ele não deve ficar por cima do braço, isso cria uma tensão desnecessária, que pode causar dor e dificultar na hora de fazer o acorde. O correto é o polegar ficar na parte de trás do violão, independente se o braço for mais fino ou largo.

Agora uma dica sobre pestana, que é tão temida pelos músicos iniciantes: na hora de fazer a técnica, posicione bem o dedo. Se você acha que fazer a pestana no meio da casa é mais difícil, então coloque mais próximo do traste (também conhecido como traço).

Quer conferir essas e mais outras dicas em vídeo? Então clique na imagem abaixo e seja redirecionado ao nosso canal do Youtube!

F.Gênia